PROGRAMA 02-07-2012

SALA DOS SONS

PALESTRA SEGUIDA DE DIFUSÃO SONORA DE MÚSICA ELETROACÚSTICA

MINISTRANTE:GUILHERME BERTISSOLO

ONDE: Sala dos Sons – Av. Paulo Gama, 110 – 2 andar da Reitoria da UFRGS

QUANDO:02 de julho – horário: 14h

ENTRADA FRANCA

Resumo:

Após uma pequena contextualização sobre a Escola de Música da UFBA,  sua estrutura e seus grupos, abordaremos a pesquisa de doutorado em  fase de conclusão no Programa de Pós-Graduação dessa universidade. Versaremos a relação entre música e movimento para a composição musical, baseadas no Contexto da Capoeira Regional de Salvador, e abordaremos brevemente as etapas da pesquisa já cumpridas, ilustrando as incursões teóricas em trechos de obras eletroacústicas e instrumentais.

Bio:

Guilherme Bertissolo nasceu em Porto Alegre. É Mestre e Doutorando em Composição pela UFBA, atualmente a sob orientação do prof. Paulo Costa Lima, com período sanduíche na University of California, Riverside, sob orientação de Paulo C. Chagas. Foi premiado em concursos de composição no Brasil e no exterior, e teve obras apresentadas em diversas das mais importantes cidades brasileiras, nos EUA e na Europa. É membro da Oficina de Composição Agora, em Salvador, e Professor Assistente I na UFBA.

Concerto

 

Música eletroacústica na Bahia

1- Groove (Dub) (2011)

Compositor: Alexandre Espinheira (*1972)

Acusmática, com difusão quadrifônica

Duração total: 4’30”

Sobre a obra:

A peça é montada completamente com sons de instrumentos de percussão e tendo como base a estética Dub. Segundo a Wikipedia, no Dub “as trilhas instrumentais são saturadas de efeitos processados (delay e reverb) aplicados a pedaços da letra e em algumas peças da percussão, enquanto os outros instrumentos passeiam entrando e saindo da mixagem, e algumas vezes do tempo da música.”

Sobre o compositor:

Alexandre Espinheira é Doutor em Composição pela UFBA. Teve obras estreadas em diversas cidades brasileiras, em Portugal e nos Estados Unidos. Foi premiado em concursos no Brasil. Organizou o “III Festival Internacional de Música Contemporânea PPGMUS-UFBA” (2010), coordena o projeto “Música de Agora na Bahia” e é membro da OCA, Oficina de Composição Agora.

2-  m’bolumbümba 2 (2012)

Compositor: Guilherme Bertissolo (*1984)

Acusmática, com difusão quadrifônica

Duração: 9’15”

Sobre a obra:

m’bolumbümba 2 é uma plêiade de desdobramentos criativos oriunda da instigante interação entre música e movimento na Capoeira Regional, onde essas instâncias são indissociáveis. Os gestos musicais e de movimento são engendrados a partir de um arcabouço conceitual inferido no contexto. “m’bolumbumba” é nome do berimbau em Angola e o trema estabelece um neologismo com a sonoridade “bimba”, em referência a Mestre Bimba.

Sobre o compositor:

Guilherme Bertissolo nasceu em Porto Alegre. É Mestre e Doutorando em Composição pela UFBA, atualmente a sob orientação do prof. Paulo Costa Lima, com período sanduíche na University of California, Riverside, sob orientação de Paulo C. Chagas. Foi premiado em concursos de composição no Brasil e no exterior, e teve obras apresentadas em diversas das mais importantes cidades brasileiras, nos EUA e na Europa. É membro da Oficina de Composição Agora, em Salvador, e Professor Assistente I na UFBA.

3- CiberTórax (2011)

Compositor: Jean Menezes da Rocha  (*1987)

Acusmática, com difusão quadrifônica

Duração: 7’00”

Sobre a obra:

CiberTórax é uma experiência estereofônica de (re)síntese granular sobre amostras pré-gravadas em processo de manipulação low-tech. Um estudo sobre partículas digitais intrusas no pulmão e em tudo o mais que possa dele depender: impulso, fôlego, fluxo e resistência.

Sobre o compositor:

Jean Menezes da Rocha começou seus estudos musicais em 1998, na FUNDARTE (Montenegro/RS). Graduou-se pela UERGS, é Mestre e Doutorando em Composição UFBA. Teve peças estreadas em Nova Iorque, Salvador, Porto Alegre e Montenegro. Tem estudado composição e realizado masterclasses com professores tais como Paulo Costa Lima, Wellington Gomes, Alexandre Birnfeld, Jon Appleton, Felipe Lara, Eric Ewazen, Paulo Chagas, Jaime Reis e Pedro Pinto Figueiredo.

4- etnex o falatório (2011)

Compositor: Alex Pochat (*1974)

Paisagem Sonora, com difusão quadrifônica

Duração: 14’00”

Sobre a obra:

A partir de incursão na Feira de São Joaquim (SSA-BA) e consequente coleta de material sonoro, surge etnex o falatório, composição que lida com os falares de Salvador e toda a riqueza audio-gestual-cultural que emana desse universo musical.

Sobre o compositor:

Alex Pochat, Mestre em composição pela UFBA e membro-fundador da OCA (Oficina de Composição Agora), dedica-se à produção e difusão de música contemporânea, principalmente no que diz respeito a seus vieses populares e étnicos. Algumas de suas premiações incluem a opereta para soprano, narrador, dançarinos, faladores, grupo de câmara e grupo de rock, A extraordinária saga do Seu Vanguarda (obra de composição coletiva, OCA), e o Concerto para Sitar e Orquestra (compositor e solista).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s